Televendas
(11) 5072-2099

Item adicionado ao orçamento


Finalizar orçamento

PASSO A PASSO PARA ABRIR SUA MICROEMPRESA

DESCUBRA O PASSO A PASSO PARA ABRIR SUA MICROEMPRESA

venda de salgados está de vento em popa? Que tal dar mais um passo rumo ao seu sucesso e abrir sua microempresa?
É fato que esse é um processo burocrático que, muitas vezes, assusta os empreendedores. Porém, legalizar seu negócio de venda de salgados trará inúmeros benefícios para você e para a sua marca.
Descubra agora o passo a passo de como abrir uma microempresa e todas as suas vantagens.

bralyx.com

COMO ABRIR UMA MICROEMPRESA

Formalizar seu negócio de venda de salgados envolve diversas fases. O SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, orienta os seguintes passos para a abertura de uma microempresa:

1º: Consulta e viabilização

Aqui, você precisa pesquisar a existência de outras empresas do mesmo segmento e verificar a disponibilidade do nome empresarial que pretende usar.
Nessa etapa, você também deve procurar a Prefeitura onde sua empresa será instalada para verificar questões como a concessão do Alvará de Funcionamento.

2º: Junta Comercial ou Cartório de Registro de Pessoa Jurídica

Equivalente a uma certidão de nascimento, o registro nesses órgãos determinará a existência oficial da sua empresa.
Para isso, é necessário apresentar alguns documentos e formulários. Eles podem variar de acordo com a região, mas de modo geral incluem Contrato Social e documentos pessoais seus e de seus sócios (caso tenha).
Se tudo estiver certo, você receberá o NIRE — Número de Identificação do Registro de Empresa, necessário para o próximo passo.

3º Registro do CNPJ

Em posse do NIRE será feito o registro da empresa como contribuinte, ou seja, a obtenção do CNPJ propriamente dito.
Esse registro é efetuado via internet, diretamente no site da Receita Federal. Os documentos solicitados nesta etapa podem ser enviados via Sedex para a Secretaria da Receita Federal, ou entregues pessoalmente.

4º Inscrição e Registro

Para empresas que trabalham com produção de bens e venda de mercadorias é necessária a Inscrição Estadual junto à Secretaria Estadual da Fazenda. Esse registro também é feito via internet, porém precisa de um contador pré-autorizado para efetivá-lo.

5º Alvará do Corpo de Bombeiros

Locais que possuem risco de incêndio precisam da autorização do Corpo de Bombeiros para funcionamento. Essa solicitação deve ser protocolada diretamente com a organização.

6º Alvará de Funcionamento

O Alvará de Funcionamento e Localização é uma licença prévia emitida pelo município onde sua empresa está localizada, e necessário para conclusão do processo. Deve ser solicitado junto à Prefeitura local.

7º Cadastro na Previdência Social

Mesmo sem funcionários, toda empresa precisa efetuar seu registro junto à Previdência Social. Para isso, basta dirigir-se à Agência da Previdência Social da cidade onde está sua empresa e solicitar o cadastro.

8º Aparato Legal

A última fase consiste em preparar o aparato legal da sua empresa, que é a solicitação de autorização para impressão de notas fiscais e autenticação de livros fiscal, e deve ser feito junto à Prefeitura local.
Todas as etapas incluem a apresentação de documentos e preenchimento de formulários. Entretanto, esses podem variar conforme a localidade. Assim, se informar junto aos órgãos da região onde sua empresa está localizada é fundamental para dar início a todo o trâmite.

AS VANTAGENS DE ABRIR UMA MICROEMPRESA

Mesmo com toda a parte burocrática, abrir a sua microempresa trará vantagens como:

  • Ajuda a conquistar mais clientes: emitir nota fiscal só é possível quando se tem empresa aberta, e isso pode ser um grande diferencial na hora de fechar grandes negócios;
  • Aumenta a credibilidade: uma empresa legalizada demonstra profissionalismo, contribuindo para melhorar ainda mais a visão que os clientes têm da sua marca;
  • Melhores ofertas de crédito: ter uma empresa legalizada facilita negociações junto a fornecedores e bancos, além de contribuir para a obtenção de empréstimos a juros menores;
  • Direitos trabalhistas: enquanto autônomos pagam 20% ao INSS, quem possui empresa aberta recolhe apenas 11% sobre os ganhos como pessoa física do pró-labore. Além de poder legalizar os funcionários, dando a eles todos os direitos.

Abrir uma microempresa pode parecer trabalhoso, mas, certamente, é um grande passo para a ampliação do seu negócio, contribuindo ainda mais para o aumento da sua lucratividade.

 

 

QUER SABER MAIS SOBRE NOSSAS MÁQUINAS?
AQUI VOCÊ PODE falar conosco ou nos enviar uma mensagem!

 



Símbolo