SAIBA COMO EVITAR O DESPERDÍCIO NA PRODUÇÃO DE SALGADOS

SAIBA COMO EVITAR O DESPERDÍCIO NA PRODUÇÃO DE SALGADOS

Se você tem um negócio de salgados, sabe como é importante controlar todo o material usado para evitar o desperdício. É preciso coordenar estoque, produção, armazenamento e venda para que tudo dê certo.

Vamos dar algumas dicas para ajudar nesse controle, porque quando há sobra de material, não há como reaproveitar. Comida estraga, e o seu lucro vai embora junto!

Vamos às dicas?

bralyx.com

#dica1 – Defina sua capacidade de produção

Esta é a primeira e mais importante dica para evitar o desperdício: calcule quanto você vende em um determinado período para saber quanto precisa de ingredientes.

O ideal é que você organize o que é conhecido por “estoque pulmão”: um volume de ingredientes mínimo para atender os clientes de acordo com os pedidos que recebe sem exagerar e ainda assim ter fôlego para um pedido de última hora. Não se esqueça que se você investir a mais do que precisa nos ingredientes do salgado e ficar com o estoque parado, isso também significa dinheiro parado.

Isso vale tanto para os ingredientes da produção quanto para todos os materiais que você precisa para comercializar o salgado ou doce: embalagens, descartáveis etc.

Assim, você tem giro rápido de estoque e não acumula outro problema: o do armazenamento. Estoque grande significa ter o espaço adequado e compatível para guardar tanto os produtos comprados quanto o que foi produzido.

#dica2 – Organize as compras

Se você já sabe quanto gasta em determinado período, é hora de se organizar para adquirir os ingredientes e o restante do material necessário.

Vamos imaginar que você determinou que as compras serão feitas uma vez por mês para os ingredientes secos – como farinha, fermento etc. - e uma vez por semana para os perecíveis – legumes, por exemplo.

Então, você chega ao atacadista com sua lista e vê que há uma promoção imperdível de farinha e fica em dúvida se aproveita ou não. Antes de decidir, pense em como vai ARMAZENAR essa farinha extra. Você precisa ter um local adequado para guardar esse estoque!

Veja também se vale mesmo a pena, porque você vai investir mais dinheiro nas compras e pode ficar sem recursos para fazer panfletos e promover o seu negócio, por exemplo.

Então, aproveite promoções e tudo que puder para comprar mais por menos – sem comprometer a qualidade – mas não se deixe levar pela empolgação.

#dica3 – Cuide do estoque

Sem dúvida, é o controle do estoque é um dos itens mais importantes para evitar o desperdício e fazer o seu negócio dar lucro.

Como você viu, estoque grande é dinheiro parado, mas estoque pequeno é problema para atender o seu cliente. Se você tiver que sair correndo para comprar um produto que faltou, pode apostar que ainda vai pagar a mais por isso. Então, antes de tudo, volte à #dica1.

Existem muitas maneiras de organizar as mercadorias, vamos falar de uma aqui que se chama FIFO. Ela é usada em grandes empresas, mas é bem fácil, e você pode usar também.

FIFO é uma sigla em inglês que diz que o que entra primeiro deve sair primeiro (First in First out). Funciona assim:

Você organiza uma fila de entrada de produtos e ingredientes de uma maneira que seja lógica para que o produto mais antigo no estoque seja o primeiro a ser usado. Isso economiza tempo (você não precisa ficar checando a validade de todos os produtos o tempo todo) e evita que os produtos se estraguem.

Tenha à mão etiquetas para anotar a data sempre que você abrir uma embalagem e o tempo de vida útil de cada ingrediente.

#dica4 – Congele!

Se você tiver espaço para congelar, esta é uma ótima maneira de evitar o desperdício. Faça os recheios dos seus salgados em volumes maiores, porcione a quantidade que usa diariamente e congele os recheios já divididos. Assim, você faz tudo de uma só vez e economiza tempo também.

Se você trabalha com salgados congelados, siga a regra FIFO, que falamos lá em cima, para que os produtos estejam sempre fresquinhos e você tenha controle da produção. Não se esqueça de etiquetar tudo corretamente: data de fabricação, validade etc.

Para que essa técnica de evitar o desperdício funcione e não comprometer o sabor e a qualidade dos seus salgados, você precisa aprender a descongelar os produtos corretamente.

#dica5 - Máquina de salgados diminui – e muito – o desperdício

Fabricar salgados com o auxílio do maquinário adequado contribui para evitar o desperdício. Afinal, com a máquina você uniformiza o tamanho dos salgados e consegue controlar a quantidade exata de massa e recheio que vai usar. Isso sem falar na economia de tempo, claro! Uma máquina de salgados faz no mínimo 2000 salgados por hora, não tem como comparar com a produção manual.

Estude o funcionamento da máquina, teste recheios e treine as pessoas que vão lhe ajudar.

Lembre-se de cuidar da higiene e manutenção de sua máquina: cheque os acessórios e previna problemas com sistema elétrico do equipamento. Manter a máquina em perfeito estado também colabora para diminuir o desperdício.

#dicaespecial:

Muita gente fala que a máquina de salgados consome muita energia, mas isso não é verdade. O consumo é equivalente ao de uma geladeira.

Estas foram as dicas principais para evitar o desperdício na fabricação de doces e salgados. Se você tiver outras dicas, compartilhe com a gente!

Sucesso!

 

 

QUER SABER MAIS SOBRE NOSSAS MÁQUINAS?
AQUI VOCÊ PODE falar conosco ou nos enviar uma mensagem!